Por que Nós devemos Ser batizados no Nome do PAI, FILHO, e ESPÍRITO SANTO


Ide então, e ensine todas as nações, batizando-os no nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo (Mateus 28:19).

A Bíblia exige o batismo em água para a igreja do Novo Testamento, e é nossa responsabilidade para obedecer este ensino. Um dia cada um de nós responderá por nossas ações durante nossas vidas. Considerando que nós temos a Palavra de Deus, a ignorância não será uma desculpa aceitável naquele dia.

A Necessidade de Batismo em Água

O Batismo em água é uma parte necessária da salvação praticada no Novo Testamento? As pessoas têm várias idéias sobre o batismo em água, mas não nos satisfaz porque dependemos da palavra de Deus a Bíblia como nossa fonte de instrução.

Jesus nos deu alguma perspicácia sobre a importância do batismo em água em João 3:5: "Jesus respondeu, Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus." Ambos o contexto daquela declaração e a prática subseqüente da igreja do Novo Testamento indica que Ele estava falando de batismo em água e o batismo do Santo Espírito.

Em Mateus 28:19, Jesus incunbiu os apóstolos e nos deu uma ordem direta para ir, ensinar, e batizar os convertidos. Desde que Ele deu esta ordem, o batismo é importante e necessário. O Nome do Pai, Filho, e Espírito Santo.

Jesus ensinou que batizássemos "no nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo." Em outras palavras, Ele nos disse que batizássemos no nome (singular) que revela completamente a obra de Deus nas suas manifestações remissórias. O que é este nome?

O nome dado ao Filho de Deus foi Jesus. "Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de JESUS, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles" (Mateus 1:21).

O nome dado ao Filho de Deus foi Jesus. "Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de JESUS, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles" (Mateus 1:21). Jesus foi um ser humano genuíno, nascido pela obra milagroso do Espírito de Deus no útero de uma virgem, e assim Ele era literalmente o Filho de Deus (Lucas 1:35). Ele era mais que um homem, porém; Ele era de fato o Deus manifestado na carne (Coloss. 2:9; I Timoteo 3:17). Ele era a imagem visível do Deus invisível (Coloss. 1:15).

Jesus como tal declarou, "Eu vim em nome de meu Pai, e não me recebeis; se outro vier em seu próprio nome, certamente, o recebereis" (João 5:43). Em outras palavras, o Pai se fez conhecido a nós pelo nome de Jesus. O Pai, o único e verdadeiro Deus invisível, deu o nome dele ao Filho (a manifestação de Deus em carne) assim o Filho recebeu o nome dele por herança (Hebreus 1:4).

O nome Jesus significa literalmente "Jeová Salvador." Jeová era o nome sem igual pelo qual o único e verdadeiro Deus se identificou para Israel no Velho Testamento. O nome Jesus descreve o único Deus do Velho Testamento que veio em carne para ser nosso Salvador. Assim o nome de Jesus revela o Pai e o Filho.

E sobre o Espírito Santo? Que nome revela Deus na sua essência espiritual e ação? Jesus disse, "Mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito " (João 14:26). Em outras palavras, o Espírito Santo vem a nós no nome de Jesus. O Espírito Santo não vem a nós com uma identidade separada mas é o Espírito do próprio Jesus-Jesus mesmo vindo morar espiritualmente dentro de nós (João 14:16-18; Colossenses 1:27).

Em resumo, o nome supremo que revela Deus-o nome pelo qual nós conhecemos o Pai, Filho e Espírito Santo - é Jesus. Invocando o nome de Jesus, então, nós cumprimos a ordem de Mateus 28:19. A Importância do Nome de Jesus

Muitas passagens da Bíblia enfatizam a importância e supremacia do nome de Jesus. "E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos" (Atos 4:12).

"Deveriam ser pregado arrependimento e perdão de pecados no nome dele entre todas as nações, começando em Jerusalém," (Lucas 24:47).

""Dele todos os profetas dão testemunho de que, por meio de seu nome, todo aquele que nele crê recebe remissão de pecados" (Atos 10:43).

"Tendo-se tornado tão superior aos anjos quanto herdou mais excelente nome do que eles" (Hebreus 1:4).

"Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra; e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai." (Filipenses 2:9-11).

"E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai" (Colossenses 3:17). A Prática da Igreja Primitiva

Como fez os apóstolos obedecendo a órdem que Jesus deu a eles em Mateus 28:19? No Dia de Pentecostes, os pecadores fizeram a pergunta, "Varões e irmãos, o que faremos nós? " (Atos 2:37). O apóstolo Pedro respondeu-lhes: "Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo." (Atos 2:38). Este verso revela que os apóstolos batizaram no nome de Jesus Cristo e que o batismo é para o perdão de pecados.

Quando Saulo, depois conhecido como Paulo, se arrependeu, Ananias o instruiu, "E agora por que te demoras? Levanta-te, recebe o batismo e lava os teus pecados, invocando o nome do Senhor" Qual é o nome do Senhor?

Há pouco dias antes, Paulo tinha feito a mesma pergunta: "Quem és tu, Senhor? E o Senhor disse, eu sou Jesus a quem tu persegues" (Atos 9:5). Paulo depois escreveu, "Ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo" (I Coríntios 12:3).

Jesus se revelou a Paulo como o Deus. Paulo conhecia a respeito do Senhor Deus do Antigo Testamento, mas naquele momento ele não servia a Jesus do Novo Testamento. Mas ele aprendeu que o Deus do Velho Testamento era o mesmo Deus do Novo Testamento, e para seu assombro este Deus era Jesus.

Quando Filipe pregou o evangelho em Samaria, "aqueles que creram foram batizados no nome do Senhor Jesus" (Atos 8:16).

Quando um grupo de Gentios recebeu o Espírito Santo, Pedro perguntou, "Porventura, pode alguém recusar a água, para que não sejam batizados estes que, assim como nós, receberam o Espírito Santo? E ordenou que fossem batizados em nome de Jesus Cristo" (Atos 10:47-48). Como nós vimos há pouco, o nome do Senhor é Jesus. Além disso, traduções como a Bíblia Ampliada e a Nova Versão internacional indica, os manuscritos gregos mais velhos que nós temos agora de fato declaram aqui, "no nome de Jesus Cristo".

Paulo rebatizou os discípulos de João em Éfeso no nome de Jesus. "Ele lhes disse, Em que, pois, fostes batizados? Responderam: No batismo de João. Disse-lhes Paulo: João realizou batismo de arrependimento, dizendo ao povo que cresse naquele que vinha depois dele, a saber, em Jesus. Eles, tendo ouvido isto, foram batizados em o nome do Senhor Jesus. " (Atos 19:3-5). A Ordem de Mateus 28:19.

A igreja primitiva Claramente batizou todo o mundo - Judeus, Samaritanos, e Gentios -em o nome de Jesus. Como esta prática harmoniza com Mateus 28:19? Primeiro, Mateus 28:19 "no nome" não "nos nomes" ou " nos títulos ou posições de Deus." O nome que Mateus 28:19 descreve é Jesus. Assim os apóstolos entendendo corretamente converteram em nome de Jesus.

A Bíblia não nos fala que nós temos vida pelos títulos de Pai, Filho, e Espírito Santo, mas nos fala que temos vida pelo nome de Jesus. "Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome" (João 20:31).

A Bíblia não diz que nós somos batizados em três pessoas diferentes, mas diz que nós somos batizados em Jesus Cristo" (Romanos 6:3-4). Especificamente, nós somos "sepultados, juntamente com ele, no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos" (Colossenses 2:12). Conclusão

Logo antes da Sua ascensão Jesus deu a órdem batismal para os apóstolos encontrada em Mateus 28:19 . De acordo com Lucas 24:45, Então, lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras. Alguns dias depois da sua ascensão, Ele batizou 120 discípulos com o Espírito Santo no Dia de Pentecostes. Nesta ocasião, os apóstolos proclamaram à multidão a que todo o mundo deveria ser batizado em nome de Jesus (Atos2:38).

Os apóstolos entenderam que Jesus era o nome remissório do Pai, Filho, e Espírito Santo. Eles não repetiram esses três títulos apenas, mas eles invocaram o nome ao qual esses títulos se referem. Os outros pastores na Igreja do Nova Testamento, como Filipe, Ananias, e Paulo, aderiram a mesma fórmula batismal.

Não há nenhuma contradição na Palavra de Deus. O Novo Testamento ensina que nós devemos ser batizados "no nome" do Pai, Filho e Espírito Santo, e que o nome para invocarmos no batismo é Jesus.

FDS

Tract # 1567220878


This tract was put into HTML format by Bro. Stan Hallett.
This non-copyrighted tract is available in hardcopy tract format
from the Pentecostal Publishing House at www.upci.org/pph/

| TOP PAGE |